Connect with us

Politica

Interferencia na governação de Luanda leva Governador a queixar-se ao JLO

Published

on

Num encontro realizado no salão nobre do governo da provincia de Luanda, e  que decorreu na sequência da visita de campo que o Chefe de Estado realizou na quinta-feira a vários projectos em curso na capital angolana, o governador de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, defendeu como prioridade a resolução das necessidades imediatas das populações.

Para o Governador, a distribuição da água potavel é um dos  o principais problemas que afecta vários citadinos da Capital.

O governador de Luanda queixou-se ainda ao Presidente da República de interferências na governação de Luanda, que em seu entender, têm provocado  bloqueio no funcionamento do governo provincial.

Na presença de ministros, governadores, de vice-governadores e  do Presidente da Republica,  Andrem Mendes de Carvalho, considerou também de  desactualizado o sistema de recolha e tratamento de resíduos sólidos e defendeu a descentralização municipal, bem como investimentos na conservação dos equipamentos.

O governador debruçou-se também sobre o surgimento de igrejas ilegais, a venda anárquica, e prometeu fazer  estudos  sobre os mesmos.

Colunistas