Connect with us

Mundo

Indonésia: Dois homossexuais ‘apanhados’ foram condenados a 100 chicotadas

Published

on

A lei em Banda Aceh permite que os homossexuais sejam julgados pela sua orientação sexual.

Dois homens, ambos com 20 anos, foram detidos pelas autoridades indonésias, em Banda Aceh, por terem sido encontrados a ter relações numa casa. Os homossexuais foram condenados a enfrentar 100 chicotadas pelo simples facto de não serem heterossexuais.

O momento em que vários vigilantes entraram na residência foi filmado e é possível ver os jovens nus, angustiados e amedrontados, a pedir que parem as agressões. Os jovens acabaram mais tarde por ser entregues à polícia indonésia.

Os homens, que foram identificados como HB e MT, foram levados para uma esquadra em Wilayatul Hisbah e condenados às 100 chicotadas.

Várias organizações a favor dos Direitos Humanos têm pedido que as leis em causa mudem nesta província, até porque mulheres que não tapem os corpos também são julgadas.

“Estes homens viram a sua privacidade invadida de forma assustadora e humilhante e agora enfrentam tortura pública”, explicou Phelim Kine, vice-diretor de divisão asiática da Human Right Watch.

Recorde-se que a região tem a permissão do governo indonésio, desde 2001, para punir a homossexualidade e as mulheres que não cumpram certas regras. Em 2014 foi iniciada uma lei que que obriga os homossexuais a levarem 100 chicotadas, 100 meses na prisão ou uma multa de mil gramas de ouro.
Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas