Connect with us

Mundo

Índia: Erro no sistema de sinalização terá causado acidente ferroviário

Published

on

O acidente ferroviário que causou a morte de quase 300 pessoas na Índia terá sido provocado por um erro no sistema de sinalização, levando um dos comboios a mudar de linha, disse hoje o ministro da Ferrovia, Ashwini Vaishnaw.

“Quem fez isto e quais as razões é algo que vai ser apurado durante a investigação”, afirmou o ministro numa entrevista ao canal de televisão de Nova Deli, citado pela AP.

A explicação para o que terá estado na origem deste acidente ferroviário na noite de sexta-feira, surge numa altura em que as autoridades continuam no terreno a limpar os destroços deixados pelos três comboios envolvidos (dois deles de passageiros).

Antes, a agência de notícias Press Trust of Índia (PTI) já tinha avançado que as investigações preliminares indicam que o sinal dado ao comboio Coromandel Express para entrar na linha principal tinha depois sido retirado.

O comboio entrou numa outra linha, conhecida como linha circular, colidindo com um comboio de mercadorias que ali se encontrava estacionado, segundo a PTI.

O acidente ocorreu às 19h20 locais de sexta-feira, perto de uma estação na localidade de Bahanaga, no estado de Odisha, a 1.600 quilómetros a nordeste da capital Nova Deli.

Dez a 12 vagões de um comboio descarrilaram e os destroços de alguns dos vagões caíram num trilho próximo, explicou o porta-voz da Indian Railways, Amitabh Sharma. Esses destroços, acrescentou o responsável, foram atingidos por um outro comboio de passageiros, que viajava na direcção oposta. Um terceiro comboio de carga também esteve envolvido no acidente.

Conforme noticiou sábado, o Correio da Kianda, além dos quase 300 mortos já contabilizados, o desastre fez cerca de 900 feridos, dos quais 56 em estado grave.