Connect with us

Sociedade

Incêndio destrói secção de roupas e cosméticos no Mercado dos Kwanzas

Published

on

Quarenta boutiques e dez bancadas onde se vendiam roupas, cosméticos, entre outros acessórios, bem como a zona das alfaiatarias ficaram totalmente destruídas em consequência de um incêndio ocorrido ontem, no mercado dos Kwanzas, localizado no município do Cazenga, em Luanda.

Em declarações ao Jornal de Angola, o administrador do mercado dos Kwanzas, Ezequiel João, informou que o incêndio foi causado por um curto-circuito e os prejuízos ainda estão a ser avaliados, em colaboração com os vendedores.  Ezequiel João avançou que o incêndio começou por volta das 4 horas e que os seguranças do mercado comunicaram-lhe às 5.

“Tão logo fui comunicado, solicitei o apoio dos Bombeiros e do Comando da Polícia Nacional do município do Cazenga. O incêndio foi extinguido às 6 horas e amanhã penso que o mercado será reaberto”. Segundo Ezequiel João, o mercado foi encerrado ontem, porque houve uma tentativa de invasão.  Micaela Mefuna,que vende cremes para a pele e perfumes, há 15 anos, disse à nossa reportagem que perdeu todo o seu negócio e pede ajuda ao administrador do mercado e a outras entidades.

“Não estou a pedir que me devolvam tudo o que perdi, mas o mínimo que sirva para dar de comer aos meus filhos”, disse Micaela Mefuna, acrescentando que os cremes para a pele que foram queimados estão avaliados em 500 mil kwanzas. Macaela Mefuna é proprietária de quatro bancadas e todas ficaram destruídas.

Alzira Soares, vendedora no mercado dos Kwanzas, há 20 anos, contou que se apercebeu do incêndio através do telefonema de uma amiga, que mora na zona do mercado dos Kwanzas. “Logo que recebi a notícia de que o mercado estava em chamas entrei em pânico, só pensava na mercadoria e nem sei como cheguei aqui”, disse Alzira Soares, acrescentando que quando chegou no mercado não lhe foi permitida a entrada, tendo-se apercebido, depois de algum tempo, que o fogo tinha chegado à sua área de venda.

Alzira Soares diz que também perdeu todo o seu negócio e espera apoio dos administradores do mercado e municipal, pois, tinha muita mercadoria, sendo difícil, de momento, avaliar os prejuízos.

 

JA

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *