Connect with us

Sociedade

INAGBE suspende bolsas de estudo para universidades privadas no exterior

Published

on

Está suspenso o envio de estudantes para frequentar mestrados, doutoramentos e graduação em universidades privadas no exterior do país.

A informação foi avançada este domingo, 24, pelo director-geral do Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE), Milton Chivela, tendo adiantado que o orçamento atribuído este ano à instituição é insuficiente.

Milton Chivela explicou que a decisão de suspender o programa este ano deve-se a razões financeiras, pois o orçamento atribuído à instituição em 2024 não é suficiente para honrar os compromissos com propinas, alojamento, bem como o subsídio de alimentação dos bolseiros.

O director do INAGBE explicou que o Governo angolano investe 30 mil milhões de kwanzas nos programas de bolsas de estudo, valor repartido pela metade para os formandos no país e no exterior.

Entretanto, até 2022, “o programa atribuiu 735 bolsas para formação superior no exterior, dos quais 255 estudantes já concluíram”, anualmente, lembrou.

O INAGBE promete, que a partir do próximo ano, a meta daquela instituição vai ser de enviar bolseiros angolanos a países, onde o ensino superior é gratuito, com destaque para o Brasil.