Connect with us

Sociedade

INAC regista mais de 260 casos de crianças abusadas sexualmente

Published

on

Duzentos e sessenta e oito casos de crianças abusadas sexualmente, a nível nacional, foram registados pelo Instituto Nacional da Criança (INAC), de Janeiro a Junho deste ano.

O INAC registou ainda 19 casos de acusações de feitiçaria, 260 de exploração de trabalho infantil, 912 casos de fuga à paternidade e 57 de abandono de criança, sendo a província de Luanda com  maior taxa de denúncias.

“O número divulgado não reflecte a realidade dos casos, pelo facto de muitos serem ocultados pelas famílias, local onde ocorre a maior parte dos abusos”, denunciou a Directora-Geral adjunta do INAC, Maria Elisa Gourgel.

Segundo a responsável, há ainda o registo recorrente de “crianças acusadas de feitiçaria, proferida por instituições religiosas que cobram o envolvimento sexual da mãe ou da menor com o líder da seita como condição de cura ou libertação espiritual”.

“É necessário se intensificar os programas de sensibilização no seio da sociedade”, referiu.