Connect with us

Sociedade

Igrejas reconhecidas vão ter cozinhas comunitárias para pessoas vulneráveis

Published

on

A partir do mês de Março, as igrejas reconhecidas no Cuando Cubango, vão contar com cozinhas comunitárias, anunciou este domingo, 07, o Governador local.

 O  arranque de cinco cozinhas comunitárias, a partir do próximo mês de Março, serão geridas por igual número de igrejas reconhecidas pelo Estado, com vista atender pessoas vulneráveis.

Trata-se das Igrejas Católica,  segundo escreve a imprensa local, Baptista, Assembleia de Deus Pentecostal, União das Igrejas Evangélicas de Angola (UIEA) e da Igreja Congregacional de Angola, que irão gerir as cozinhas comunitárias nos municípios de Menongue, Cuito Cuanavale e Mavinga.

O Governador da província,  José Martins fez esse anúncio no final do culto dominical decorrido na igreja Assembleia de Deus Pentecostal, Ministério Maculusso do Centro Deus Proverá, arredores da cidade de Menongue, capital do Cuando Cubango.

Em declarações à imprensa, disse que a criação das cozinhas comunitárias é uma iniciativa da Casa Civil do Presidente da República, que já fez localmente o levantamento para o efeito, para em Março dar-se o arranque no atendimento às pessoas necessitadas das comunidades locais.

Prometeu apoiar a igreja Pentecostal no desenvolvimento das acções sociais, nomeadamente a da cozinha comunitária e da criação de uma fazenda comunitária, com sementes agrícolas, fertilizantes e outros imputes, visando o fomento da produção de produtos do campo.

Igualmente prometeu apoiar a igreja na construção de uma escola bíblica dominical, visando a moralização da sociedade, ensinando aos jovens boas práticas à sociedade, numa altura em que se verifica um ambiente difícil nas comunidades, como a vandalização de bens públicos, o aumento da criminalidade, a falta do amor aproximo, entre outros males.

Com Angop

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *