Connect with us

Politica

IAJ lança Jornada de Defesa Nacional nos Municípios

Published

on

O Instituto Angolano  da Juventude (IAJ) realizou, neste sábado, na comuna da Funda, no município de Cacuaco, em Luanda, um seminário denominado “Jornada de Defesa Nacional nos Municípios”, dirigido aos jovens locais. Segundo o director geral do IAJ, Jofre dos Santos, o objectivo deste seminário foi capacitar os jovens em matérias de desenvolvimento integral da juventude na elevação da consciência cívica e patriótica.

Jofre dos Santos, em declaração à imprensa à margem do encontro, fez saber que o Instituto da Juventude Angolana e o Ministério da Defesa e Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, rubricaram parceria para a educação patriótica dos jovens, a nível de todos os municípios do país.

“Foi rubricado este protocolo no sentido de promover maior participação da juventude na vida política, social e económica do país, e envolver os jovens nas acções que visam acima de tudo, resgatar, exaltar e promover uma maior valorização dos símbolos e heróis nacionais, a preservação dos bens públicos, promoção da nossa cultura e nossos princípios e normas”.

O director do IAJ apelou, na ocasião, aos jovens a uma “cidadania responsável, nos aspectos ligados  a componente da defesa, da segurança e da promoção da unidade nacional que devem fazer parte do dia-a-dia da nossa juventude”, frisou.

O Secretário de Estado para Defesa Nacional, Almirante José de Lima, palestrante do evento, disse que os últimos acontecimentos sócio políticos ligados às várias manifestações no país, que algumas delas terminaram em confrontos com as forças de seguranças, destruição de alguns bens públicos e a escala ao busto do primeiro presidente de Angola, Agostinho Neto, deve-se na falta de espírito de patriotismo por parte de alguns jovens.

“Há uma necessidade de se incluir a educação patriótica no currículo escolar”, disse e acrescenta que muitos actos de vandalismo, “resvalam-se praticamente na falta de educação patriótica”.  José de Lima avançou que daí a necessidade de regressarmos ao cumprimento militar obrigatório.

Por sua vez, a ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, no seu discurso de abertura, garantiu que o Instituto Angolano da Juventude (IAJ) deverá realizar estes seminários em todas as províncias, nas comunidades, nas escolas e em outros espaços onde se encontram os adolescentes e jovens, com objectivo de informar e reforçar o sentido patriótico aos jovens.

O secretário permanente nacional da juventude do PRS, Gaspar dos Santos Fernandes, louvou a iniciativa do IAJ, mas recomenda que “só haverá um sentido patriótico no seu verdadeiro sentido quando os que detém o poder atacarem os reais problemas desta classe”.

Participará do encontro membros do Ministério da Defesa e Veteranos da Pátria, membros do Governo Provincial de Luanda, da Administração de Cacuaco, membros do conselho do Ministério da Juventude e Desportos e Ministério da Defesa e Veteranos da Pátria, líderes juvenis dos partidos políticos com assento parlamentar e membros da sociedade civil.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (1)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (87)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (20)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD