Connect with us

Sociedade

Huíla: “zungueira” nega ter sido agredida por agentes da Polícia

Published

on

O Comandante Provincial da Polícia Nacional da Huíla, comissário Divaldo Martins, recebeu, na manhã desta segunda-feira, 26, a senhora “zungueira”, supostamente agredida por agentes da Polícia, o que terá resultado em tumultos na cidade do Lubango.

O cenário, segundo imagens que circulam nas redes sociais, em que cidadãos agridem violentamente os agentes, “preocupou o Comandante que, na sequência e para compreender o que terá acontecido, chamou no seu gabinete a suposta vítima das agressões”, diz o comunicado ao qual o Correio da Kianda teve acesso.

Questionada sobre o que terá ocorrido, respondeu, segundo o comunicado, que em momento algum foi agredida pelos agentes, como se diz. Contudo, os mesmos pretendiam apreender os produtos e obrigar o pagamento da multa, já que não utilizava a mascara.

Na tentativa de fuga, a senhora terá pisado em falso e caído de seguida, refutando os argumentos produzidos nos vídeos sobre alegada agressão.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Fernando de Sousa

    30/04/2021 at 10:51 pm

    Boa actitude do comandante Divaldo. Felicito-lhe pior optar em conversar ouvindo os dois lados. Com esse comportamento chegarás muito longe na sua carreira profissional.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (18)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (89)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania