Connect with us

Destaque

Huíla: SIC apresenta cidadãos nigerianos implicados no crime de rapto

Published

on

O crime foi supostamente praticado por três cidadãos nigerianos e um chinês com recurso a arma de fogo, na via pública, na comuna da Arimba, contra a vítima de 53 anos de idade, técnico de construção civil, residente naquela localidade, ficando sob custodia dos suspeitos por 72 horas.

O director do SIC, superintendente-chefe Alberto Sawana, explicou que a vítima foi libertada após pagamento do resgate e que os presumíveis autores foram detidos em Luanda, a 16 de Setembro, sendo o chinês o mandante do crime.

Em posse dos nigerianos, foram apreendidos diversos bens, adquiridos não só pelo valor do resgate, como também pelo uso do cartão multicaixa da vítima. Estes cidadãos estão no país legalmente, mas utilizavam também Bilhetes de Identidade angolanos, falsos.

“Presume-se  fazerem parte de uma associação criminosa. Neste momento, já foi legalizada a situação carcerária e internamento na unidade penitenciária da Huíla, indiciados na prática dos crimes de rapto e roubo qualificado”, acrescentou.

Por isso, sublinhou que as investigações prosseguem com vista a determinação de outros possíveis envolvidos.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *