Connect with us

Politica

Huíla: “O Cepticismo está tomar conta de JLO”, dizem analistas

Carvalho da Silva

Published

on

O Presidente da República de Angola , João Lourenço, efectuou esta semana a remodelação do governo. Com a referida remodelação o país conta agora com 21 departamentos ministeriais, contra os 28 anteriores, fruto da fusão de alguns. As mexidas que o Chefe do Estado angolano fez ao seu executivo tem estado a suscitar várias leituras ao nível do país, sobretudo, nas redes sociais.

Na província da Huíla, como não deixaria de ser, não é uma excepção. Reagindo nas redes sociais, o académico e professor universitário, Narciso Felix José Nhulilivale, considerou que as movimentações no executivo espelham que “o ceptismo está a tomar conta de JLO”, disse o sociólogo, numa alusão ao Presidente da República.

Quem também reagiu pela mesma via é o Secretário Provincial do Sindicato Provincial de Professores (SINPRPOF) na Huíla.

Para João Francisco, homem forte do maior sindicato dos “profissionais do giz” no país, esta decisão tomada pelo mais alto magistrado da nação consubstancia-se em “tristeza”, por não passar de “exonerações que não mudam o país para um novo rumo”.

O líder sindical questionou também a insistência do Presidente da República em nomear as mesmas pessoas. “porquê sempre [nomear] as mesmas pessoas? No Kafokolo (expressão em língua Umbundo para cofre) não há mais? Põlõ, muapua (hum, acabou!)» sublinhou.

Activista cívico aconselha PR libertar-se do circulo do MPLA Francisco Jaime é uma das vozes muito conhecida da sociedade civil na província da Huíla. No âmbito do combate a corrupção tem feito várias denúncias de desvio de erário público têm chegado as barras do tribunal.

Actualmente diz que lhe foi vetada a voz aos « orgãos de comunicação social locais» pelo governo da província da Huíla. Falando ao Correio da Kianda, a propósito das recentes mexidas no executivo, Francisco Jaime Sublinhou que« o Presidente da República não vai ter êxito na sua governação enquanto continuar apostar somente em militantes do MPLA».

Em seu entender, no país existem muitos pessoas da sociedade civil e até mesmo nos partidos políticos da oposição competentes que ” esta altura o presidente devia chamar para sua governação, se o que ele pretende mesmo é o bem estar do país» asseverou. Entretanto, desde que chegou a Presidência da República, João Lourenço tem feito constante exonerações e nomeações. Há quem tema que o sucessor de José Eduardo dos Santos termine seu mandato com « um saldo de exorações e nomeações».

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (74)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania