Connect with us

Destaque

Huíla: Cidadão morto a tiro por questões passionais

Published

on

O oficial que fazia o balanço semanal da corporação afirmou que o crime ocorreu no bairro do Tchioco, por volta das zero horas, praticado por um guarda de uma empresa de segurança, já detido, cuja arma em sua posse foi também apreendida.

“O facto ocorreu quando o infeliz encontrava-se em companhia dos seus amigos a conviver em um bar, onde apareceu um veículo automóvel em que estava a ex-esposa da vítima. Este apercebendo-se da presença da mesma dirigiu-se à viatura com o propósito de retirá-la,  mas guarda de quem a mulher era amigo, insatisfeito fez cinco disparos, um dos quais atingiu-lhe na região torácica, causando-lhe morte imediata”, detalhou.

Dentro do quadro de homicídios, o porta-voz referiu ainda que ocorreram mais dois, um no município da Jamba e outro no Lubango.

Na Jamba, o crime ocorreu na via pública por espancamento, praticado por indivíduos não identificados, em que vitimou uma cidadã de 27 anos, que após cobrar uma dívida, no percurso, foi interpelada por militantes que a espancaram até à morte.

No Lubango, o assassinato teve lugar na comuna do Hoque com recurso a uma faca, concorrido por roubo de uma motorizada, praticado por cidadãos não identificados também e vitimou um indivíduo de 36 anos de idade, proprietário do meio, que fazia o serviço de moto-táxi.

Durante o período aconteceram 91 crimes diversos, mais nove em relação a semana anterior, dos quais 56 foram esclarecidos, que resultaram na detenção de 73 indivíduos como presumíveis autores dos delitos referidos.