Connect with us

eleições

Huambo: PRS preocupado com preservação da “paz” no período eleitoral

Published

on

O Partido de Renovação social (PRS) manifestou-se preocupado, nesta terça-feira, 28, em Conferência de Imprensa, com a actual situação político do país, numa altura em que se avizinham as eleições gerais, as quintas na história da democracia angolana.

O encontro com os jornalistas serviu para abordar “a preservação da paz em tempo de eleições e tolerância política”. De acordo com o secretário provincial do PRS no Huambo, António Soliya Selende Lumumba, os militantes do seu partido, apesar de estarem ávidos a alternância política no pleito que se avizinha, “o mais importante é a preservação da paz antes, durante e depois das eleições”.

Segundo o dirigente do PRS, “os angolanos devem olhar para ‘Paz como a menina dos nossos olhos‘, que não deve ser beliscada por causa das eleições”. Soliya Selende Lumumba diz que a tolerância política deve ser a palavra de ordem de todos os potenciais competidores.

“Apelamos aos militantes do PRS a levar avante a palavra Paz, porque a eleição só será em um dia, e não se pode estragar aquilo que se conquistou com muito sacrifício”, frisou.

O secretário do PRS no Planalto Central chamou atenção aos responsáveis dos demais partidos, a controlarem as emoções. Para o político dos renovadores sociais, o MPLA e a UNITA, devem pautarpor uma postura de tolerância, “devido o passado negro que o país passou há 20 anos”.

O político acusa ainda os responsáveis destes partidos de serem os incentivadores dos conflitos que “levou milhares de angolanos aos cemitérios e comutativamente na desgraça em que o país se encontra”.

Por tanto, segundo Soliya, estes partidos continuam em não querem preservar a paz, com grande ênfase o partido que governa (MPLA), por entender que tem estado a criar actos de intolerância política.

“é sim possível conviver na discórdia com espírito de tolerância”, disse exemplificando que é possível fixarmos um único posto nas ruas quatro ou mais bandeiras de diferentes partidos, sem que, o outro remova as outras já existentes.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.