Connect with us

Sociedade

Huambo: mais de quatro mil metros de cabos eléctricos foram roubados

Published

on

O administrador municipal do Huambo, João Calão Figueiredo, informou aos órgãos de comunicação social, que pelo menos quatro mil e duzentos metros de cabos eléctricos da rede pública, foram vandalizados em diversos bairros do município, no ano passado.

Segundo o administrador, os roubos de cabos afectaram, sobretudo, os bairros Calilongue da Cuca, Sassonde, Santa-Iria, Chivela, Santo- António Tinguita, Calute, Canhe e Bairro da PIR.

Face à situação, o responsável disse que a administração tem estado a enfrentar dificuldades para a reposição do material eléctrico vandalizado.

“Temos tido muitos problemas, pois muitas ruas que já estiveram iluminadas ficaram novamente às escuras. Os custos para a reposição dos cabos são onerosos”, disse.

Para João Calão Figueiredo, a vandalização da rede pública de energia inviabiliza novas ligações, uma vez que requer investimentos avultados, daí ter apelado à população a denunciar tais actos de vandalismo.

João Calão Figueiredo disse que, apesar dos constrangimentos financeiros, foi possível repor alguns cabos eléctricos nos bairros do Sassonde e Calilongue da Cuca, arredores da cidade do Huambo. Para ultrapassar o problema, garantiu que a administração municipal vai trabalhar em conjunto com as comissões de moradores, a fim de se achar um mecanismo de fiscalização destes equipamentos.

Colunistas