Connect with us

Sociedade

Huambo: Estudantes detidos por falsificação de talões de pagamento de propinas

Published

on

Quatro estudantes universitários na província do Huambo foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por falsificação de Talões de Pagamento de propinas. A acção fraudulenta causou prejuízos financeiros de mais de um milhão de Kwanzas à instituição.

Trata-se de jovens estudantes do Instituto Superior Politécnico da Caála, anos detidos pelo SIC, residentes no município da Caála, detidos depois de uma denúncia que dava conta de que os quatro jovens implicados estavam a realizar de forma fraudulenta, a falsificar e vender à vários outros estudantes da instituição, talões de pagamento de proinas daquela instituição de ensino superior do planalto central.

A acção dos jovens cujas idades variam entre os 27 e 28 anos resultou em prejuízos financeiros de milhão e 732 mil Kwanzas à uma instituição de ensino superior no Huambo, resultante da falsificação de talões de pagamento de propinas.

São no total 62 talões de depósito referente de pelo menos 23 estudantes do Instituto Superior Politécnico da Caála, causando à instituição prejuízos financeiros de 1.732 mil kwanzas.

Segundo a Polícia Nacional, num comunicado posto a circular, quatro dos 23 estudantes inplicados no crime foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal e serão presentes junto do Ministério Público para o competente julgamento, enquanto continuam as deligências para localizar e deter os outros 19.

No acto de detenção o serviço de Investigação Criminal apreendeu, os meios informáticos utilizados pelos acusados, para realização das acções fraudulentas, como dois monitores, dois teclados, uma impressora, um CPU, um mouse, um carregador, uma ficha tripla e um cabo de alimentação.

Colunistas