Connect with us

Desporto

Hamilton vence GP da Itália e amplia vantagem com 4º lugar de Vettel

Published

on

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 neste domingo e aumentou consideravelmente a vantagem na liderança do Mundial de pilotos devido ao quarto lugar do alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que rodou no início da corrida.

Com a grande vitória marcada pela ultrapassagem sobre Vettel ainda na primeira volta no circuito de Monza, Hamilton abriu 30 pontos de vantagem sobre o rival, 256 a 226, e segue firme em busca do pentacampeonato.

A segunda posição ficou com o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, que largou na pole position e manteve a ponta da prova até a 45ª volta. O pódio ainda contou com o holandês Max Verstappen, da Red Bull, terceiro colocado.

Pouco após a largada, enquanto Raikkonen mantinha a ponta, Hamilton, o terceiro no grid de largada, forçou a ultrapassagem por fora sobre Vettel. Incisivo, o alemão provocou o toque, rodou e conseguiu voltar à corrida com a asa dianteira quebrada e na última posição, passando a fazer uma prova de recuperação.

Quando a bandeira amarela foi retirada, Hamilton pegou o vácuo e deixou Raikkonen para trás, mas a mudança só durou alguns segundos. O ‘Homem de Gelo’ retomou a liderança da corrida em grande manobra na curva seguinte. A ultrapassagem definitiva do britânico só voltaria a acontecer quase no fim da corrida.

O quinto lugar ficou com o holandês Max Verstappen, da Red Bull, à frente do francês Romain Grosjean, da Haas. A Racing Point Force India ficou com as posições seguintes: o francês Esteban Ocon terminou em sétimo, já o mexicano Sergio Pérez, em oitavo.

Completam a lista dos dez primeiros colocados o espanhol Carlos Sainz Jr., da Renault, em nono, e o canadense Lance Stroll, da Williams. Marcus Ericsson, da Sauber, Fernando Alonso, da McLaren, e Daniel Ricciardo, da Red Bull, abandonaram a prova.

GP da Itália (53 voltas):.
.1. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)
.2. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 1h16min54s484.
.3. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) a 8s705.
4. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) a 14s066.
.5. Max Verstappen (HOL/Red Bull) a 16s151.
.6. Romain Grosjean (FRA/Haas) a 18s208.
.7. Esteban Ocon (FRA/Racing Point Force India) a 56s320.
.8. Sergio Pérez (MEX/Racing Point Force India) a 57s761.
.9. Carlos Sainz (ESP/Renault) a 58s678.
10. Lance Stroll (CAN/Williams) a 1min18s140.
11. Sergey Sirotkin (RUS/Williams) a 1 volta.
12. Charles Leclerc (MON/Sauber) a 1 volta.
13. Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren) a 1 volta.
14. Nico Hülkenberg (ALE/Renault) a 1 volta.
15. Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso) a 1 volta.
16. Marcus Ericsson (SUE/Sauber) a 1 volta.
17. Kevin Magnussen (DIN/Haas) a 1 volta.
Abandonaram:.
Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull).
Fernando Alonso (ESP/McLaren).
Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso).
Mundial de pilotos:.
.1. Lewis Hamilton 256 pontos.
.2. Sebastian Vettel 226.
.3. Kimi Räikkönen 164.
.4. Valtteri Bottas 159.
.5. Max Verstappen 130.
.6. Daniel Ricciardo 118.
.7. Nico Hulkenberg 52.
.8. Kevin Magnussen 49.
.9. Sergio Pérez 44.
10. Fernando Alonso 44.
11. Esteban Ocon 43.
12. Romain Grosjean 35.
13. Carlos Sainz 32.
14. Pierre Gasly 28.
15. Charles Leclerc 13.
16. Stoffel Vandoorne 8.
17. Marcus Ericsson 6.
18. Lance Stroll 5.
19. Brendon Hartley 2.
20. Sergey Sirotkin 0.

Mundial de construtores:.
.1. Mercedes 375 pontos.
.2. Ferrari 360.
.3. Red Bull 238.
.4. Renault 82.
.5. Haas 76.
.6. McLaren 52.
.7. Toro Rosso 30.
.8. Sauber 19.
.9. Racing Point Force India 18.
10. Williams 4.

EFE

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *