Connect with us

Mundo

Guerra na Ucrânia: Rússia “esgotou” mísseis e Kyiv assinala conquistas em Lugansk

Published

on

Passaram já mais de dez meses desde o início da guerra na Ucrânia, a 24 de Fevereiro, e a actualidade informativa na frente de batalha tem ficado marcada, nos últimos dias, por sirenes de ataque aéreo a soar em vários pontos do país.

Segundo as contas do chefe da Administração Militar de Kyiv, Serhiy Popko, a cidade passou mais de 700 horas sob alerta durante este ano.

Numa altura em que se perspectiva já o novo ano a passos largos, Volodymyr Zelensky fez o mesmo, destacando que a defesa aérea ucraniana será a “mais forte” e “eficaz” no próximo ano – ao ponto de poder tornar-se, inclusive, “na mais poderosa da Europa”.