Connect with us

Sociedade

Grupos de rixas com os dias contados em Cacuaco

Published

on

Os magistrados do Ministério Público em Cacuaco estiveram reunidos, na semana finda, para redefinição de estratégias a fim de combater os grupos de rixas, também conhecidos como “Wowo” nos bairros periféricos e urbanos.

O acto, informa o Ministério do Interior, foi presidido pelo superintendente-chefe, Adão Correia Sebastião “Didi”, comandante da polícia em Cacuaco, e o delegado do MININT, que baixou “recomendações precisas aos efectivos e orientou igualmente a consolidar e corrigir erros, de maneira a melhorar o modo de actuação”.

A reunião teve também como objectivo harmonizar a inter-relação com os membros da PGR (Procuradoria-Geral da República) local, no sentido de juntos actuarem no combate contra esse fenómeno social, com vista a diminuir o crescimento de grupos rivais que, actualmente, diz a nota, “lideram no índice da estatísticas criminais, criando estratégias para dirimir tais práticas”.

Durante o encontro, a procuradora municipal, Noémia de Brito Manhonga, manifestou o seu agradecimento e falou sobre a actuação das forças, no processo de apreensão, detenção e na elaboração do processo criminal inicial.

A responsável garantiu ainda contribuir para a nova estratégia de actuação contra este fenómeno, assim como intensificar a comunicação com os comandantes para o garante da ordem e tranquilidade públicas, informa o comunicado.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.