Connect with us

Diversos

Grupo Parlamentar da UNITA garante constituir advogado para defesa de Nuno Dala

Published

on

A bancada parlamentar da UNITA diz ter tomado conhecimento do conteúdo do Ofício n.º 775 de 15 de Novembro, proveniente do Gabinete do Juiz Presidente do Tribunal Supremo, Joel Leonardo, que solicita a suspensão provisória do mandato do deputado Nuno Álvaro Dala.

No comunicado a qual o Correio da Kianda teve acesso, o GPU considera que Nuno Dala alega não ter cometido nenhum crime e que apenas exerceu o seu direito constitucional de denúncia de actos de corrupção e de abuso de poder por agentes públicos.

O Grupo Parlamentar da UNITA afirma que “colocou à disposição do Deputado Nuno Álvaro Dala a sua Assessoria Jurídica para, nos marcos da lei, acompanhar o processo e apoiar os advogados da causa na defesa da legalidade democrática”.

Em declarações ao Correio da Kianda, Nuno Álvaro Dala, acusado de crimes contra honra, num processo movido pelo Ministério Público, por crimes de denúncia criminosa, calúnia e difamação, confirmou que foi notificado pelo gabinete da Presidente da Assembleia Nacional, a pedido do Tribunal Supremo, que solicitou a suspensão temporária de suas imunidades parlamentares.

Nuno Dala nega pagar 200 milhões de kwanzas em indemnização

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.