Connect with us

Diversos

Grupo BGI / Castel com dificuldade em repatriar mais de 1 Bilhão de dólares

Published

on

O grupo de capital francês Castel propriedade de cervejeiras Cuca, Nocal e Sagres, enfrenta dificuldade em repatriar dividendos das vendas em Angola, avaliados em  mais de 1 bilhão e dólares,  devido a crise cambial que o país vive a mais de 5 anos. 

A falta de contato de alto nível e a importância de angola para os negócios da BGI / Castel, levaram o barão da cerveja, Pierre Castel, a solicitar uma  audiência privada com o presidente João Lourenço no final de um evento organizado pela Medef International no 28 de maio em Paris.

Duas semanas antes da visita do presidente João Lourenço a Paris, Pierre Castel, terá enviado um dos seus principais auxiliares para solicitar a Franck Paris, assessor para África do presidente Frances Emmanuel Macron, que solicitasse a seu pedido, uma reunião com o embaixador de Angola em França, João Bernardo de Miranda.

O encontro que  se realizou a margem da visita do Presidente João Lourenço a Paris, contou com a presença do governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, que teve o ponto único, o repatriamento de mais de 1 Bilhão de dólares devido à  Grupo BGI/ Castel, acumulada nos últimos cinco anos devido a  crise cambial que asola o  país. 

O grupo Castel é o segundo maior investidor francês em Angola depois da Total. O grupo investiu desde 1992 mais de mil milhões de dólares em Angola na construção e ampliação de fábricas de Luanda, Huambo, Benguela, Huila, Cabinda e Cuanza Norte, afirmou o presidente do grupo.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *