Connect with us

Sociedade

GPL e taxistas definem rotas para evitar especulação de preços

Published

on

A definição das rotas de táxi, de forma a evitar o encurtamento de certos trajectos e a especulação de preços, domina hoje o encontro entre o Governo Provincial de Luanda e diversas associações de taxistas da capital do país.

A informação foi avançada à imprensa pelo presidente da Nova Aliança dos Taxistas de Angola “ANATA”, Francisco Paciente, durante uma reunião com os associados, realizada no município de Cacuaco.

De acordo com Francisco Paciente, a sua organização elaborou um mapa com as várias rotas onde estão incluídos os 16 quilómetros que os taxistas devem observar, cobrando somente 200 kwanzas.

Paciente disse que o taxista deve fazer a rota Vila de Viana-1.º de Maio e cobrar, somente, 200 kwanzas. O mesmo ocorre para quem sai do Benfica ao 1.º de Maio.

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.

Colunistas