Connect with us

Politica

Governo pede cooperação dos Estados para recuperar activos angolanos no exterior

Published

on

O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, apelou esta terça-feira, 12, na Geórgia, no âmbito do combate à corrupção, a efectiva cooperação entre os Estados para a recuperação de 50% de activos angolanos em vários países.

Ao discursar na 10ª Conferência dos Estados que fazem parte da Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção, sem citar números, lembrou que na sequência dos vários processos judiciais desencadeados nos últimos anos, têm sido recuperados recursos financeiros, assim como bens móveis e imóveis, mas metade desses activos encontram-se espalhados em vários países.

Por essa razão, reiterou que tão breve quanto possível, o país espera que estes recursos sejam devolvidos ao Estado angolano, e postos à disposição do desenvolvimento económico e social da população.

O ministro de Estado assegurou que Angola, sob a liderança do Presidente da República, João Lourenço, continua comprometida com o combate à corrupção e à impunidade.

Colunistas