Conecte-se agora

País

Governo garante para breve anúncio do vencedor do concurso internacional para entrada do quarto operador de telecomunicações

Redação

Publicados

on

governo garante para breve anúncio do vencedor do concurso internacional para entrada do quarto operador de telecomunicações - telemocel - Governo garante para breve anúncio do vencedor do concurso internacional para entrada do quarto operador de telecomunicações

O secretário de Estado para as Tecnologias, Mário Augusto da Silva Oliveira, disse na sexta-feira, em Luanda, que “muito em breve” será anunciado o vencedor do concurso internacional para entrada no mercado angolano do quarto operador de telecomunicações.

Questionado sobre a pos- sibilidade de a Vodafone poder entrar no mercado angolano por via da Movicel, no dia em que as duas empresas assinaram um acordo de cooperação estratégica em Luanda, Mário Augusto da Silva escusou-se a “fazer futurologia”, tendo sublinhado que tudo depende do que o mercado ditar.

Sobre o concurso para a entrada da quarta operadora de telecomunicações no país e o futuro da Angola Telecom (empresa pública, que detém uma quota residual no mercado), Mário Oliveira indicou que haverá novidades “muito em breve”.

“Estamos a trabalhar na nova licença, depois de ter sido lançado o concurso internacional. Há um conjunto de etapas que têm de ser cumpridas e estamos a cumpri-las.

Muito brevemente faremos o anúncio do novo operador”, indicou, escusando a comprometer-se com uma data a curto/médio prazo,

remetendo a conclusão para antes do fim do ano.

Quanto ao futuro da Angola Telecom, Mário Oliveira salientou que o processo de reestruturação da empresa está em curso, “muito em breve vai aparecer no mercado com novas soluções tecnológicas e novos serviços” e que a privatização da empresa não está descartada.

“Há um processo de reestruturação interna que é transversal, a nível administrativo, comercial, tecnológico e também naquilo que é a aproximação da Angola telecom aos seus clientes. Este é o trabalho que estamos a desenvolver neste momento. A privatização é uma questão que já foi anunciada e faz parte da equação”, disse, sem adiantar se o processo vai adiante.

“O futuro da Angola Telecom é o futuro do país. Está a trabalhar para se reestruturar e se adaptar àquilo que é o mercado angolano e internacional de telecomunicações. Muito em breve, também, vai aparecer no mercado com novas soluções tecnológicas e serviços, tendo em conta aquilo que é a situação do mercado”, afirmou.

Neste momento o mercado de telecomunicações no país conta com três operadores, designadamente,

Movicel (com uma quota de mercado de 20 por cento), Angola Telecom (com uma posição residual) e a Unitel, líder nesse segmento.

Vodafone traz vantagens

Mário Augusto da Silva Oliveira considerou a entrada da operadora de telecomunicações britânica Vodafone no mercado angolano, através da parceria com a Movicel, uma “mais valia” para o país.

“Sempre que alguém traz maisvalia para o nosso mercado é um grande motivo de satisfação e é a razão pela qual abraçamos a entrada da Vodafone em Angola.

Após a assinatura da parceria com a Movicel, o director regional para África da Vodafone, Vic Pavel, garantiu que a Vodafone não tenciona comprar acções de qualquer operadora angolana, nem mesmo para a quarta licença que o Governo angolano tem em concurso, já na fase final.

Segundo Vic Patel, as principais áreas em que a Vodafone está focada passam pelo mercado de consumo entre os jovens e a agenda digital, pela tecnológica, qualidade do serviço, apoio às operações de negócio e pela do “roaming” global, pois a multi- nacional “está activa em todo o mundo”.

 

C/ JA

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (268)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (15)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (17)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (65)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (7)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação