Connect with us

Politica

“Governo está disposto a empreender no caminho da transformação dos serviços públicos”

Published

on

Angola terá em breve uma Academia de Governação Digital, destinada a formar e a capacitar quadros nacionais em matérias atinentes às tecnologias digitais.

A informação foi avançada esta quarta-feira, 22, pelo Ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola, Adão de Almeida, ao intervir na 10.ª Conferência sobre Governação Digital, evento organizado pela e-Governance Academy, em Tartu, República da Estónia.

“Angola está disposta a empreender no caminho da transformação dos serviços públicos. Para isso, é importante o processo de digitalização para a modernização da Administração Pública”, referiu.

Segundo comunicado ao qual o Correio da Kianda teve acesso, o Memorando de Entendimento, rubricado entre o Instituto de Modernização Administrativa de Angola (IMA) e a e-Governance Academy da Estónia, sequencia outros instrumentos jurídicos de apoio à cooperação bilateral entre as Repúblicas de Angola e da Estónia.

Esta conferência internacional, que decorre até hoje, reúne especialistas e líderes para discutir a transformação digital nos serviços públicos.

“Temos os desafios de simplificar, desburocratizar e desmaterializar os serviços públicos para torná-los mais acessíveis e eficientes para todos os cidadãos angolanos. Para breve, teremos a aprovação da agenda de transição digital enquanto documento orientador de toda a cadeia, que deve incluir a capacitação do capital humano e a mudança colectiva de mentalidade”, instou.

De acordo com a nota, “além da Conferência, no âmbito de uma visita de quatro dias, Adão de Almeida participou na Terça-feira, 21 de Maio, em Talinn, capital da Estónia, no África Business Fórum, onde líderes de vários países discutiram oportunidades no mercado digital africano e soluções para a modernização administrativa”.

Colunistas