Connect with us

Politica

Governo dos EUA defende retirada do M23 das posições que ocupa na RDC

Published

on

Numa conversa ao telefone na tarde desta quinta-feira, 19, o Presidente da República, João Lourenço, abordou diferentes questões bilaterais e regionais com o Secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken.

Segundo comunicado da presidência, os Estados Unidos reiteraram “o apoio à liderança do presidente João Lourenço na procura de soluções para os conflitos na RCA e no Leste da República Democrática do Congo”.

Ainda de acordo com a nota, o Governo norte-americano “defende a necessidade da implementação das decisões tomadas pela Cimeira de Luanda e apela à assumpção de responsabilidades por parte dos intervenientes, no que diz respeito concretamente à retirada do M23 das posições que ocupa em território congolês e a criação de condições para o acantonamento dos elementos dessa força”.

Ainda a nível regional, durante a conversa entre o Chefe de Estado angolano e o Secretário de Estado norte-americano, foi “sublinhada a importância de a comunidade internacional concentrar o seu apoio às iniciativas regionais, isto é, ao processo de Luanda e ao processo de Nairobi”.

A cooperação bilateral, nomeadamente o interesse crescente do investimento norte-americano no mercado angolano, foi outro tema abordado durante o telefonema, que serviu ainda para um balanço da cimeira Estados Unidos-África, que ocorreu no início de Dezembro último, em Washington, “tendo a parte americana garantido a implementação das decisões tomadas naquele fórum”.

Uma dessas decisões tidas como garantidas, é a visita das personalidades que o presidente Joe Biden indigitou para acompanharem de perto o processo posterior da Cimeira de Washington ao continente africano, no próximo mês de Fevereiro, digressão que terá Angola na agenda.