Connect with us

Politica

Governo determina vacinação obrigatória para funcionários públicos

Published

on

O Executivo instituiu, esta quinta-feira, 30, a obrigatoriedade da vacinação dos funcionários e prestadores de serviços públicos até o dia 15 de Outubro.

Conforme o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, que falava em conferência de imprensa, findo o prazo, será obrigatório a apresentação do certificado de vacinação ou do teste negativo para se ter acesso aos locais de trabalho.

Adão de Almeida adiantou que os funcionários ou prestadores de serviços públicos que não se vacinarem serão obrigados, para terem acesso aos postos de trabalho, a apresentar testes negativos, cuja realização é de responsabilidade individual e não das empresas ou ministérios.

A medida, frisou o responsável, abrange os cidadãos com 18 anos de idade.

“É necessário que todos os cidadãos maiores de 18 anos se dirijam aos postos de vacinação”, reforçou o ministro.

Adão de Almeida destacou a necessidade de os cidadãos acatarem o cumprimento das medidas de biossegurança para se evitar o alastramento do vírus nas comunidades.

O país conta com 57.247, dos quais 1.548 óbitos, 47.950 recuperados e 7.749 activos. Dos activos, 28 críticos, 44 graves, 192 moderados, 74 leves e 7.411 assintomáticos.

Por Angop 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (25)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (27)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (91)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (22)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania