Connect with us

Economia

Governo criou mais de 160 mil postos de trabalho

Redação

Published

on

governo criou mais de 160 mil postos de trabalho - 16 55 38 0adb9e700 5c0e 4bcd a0e0 94e8db9dd501 - Governo criou mais de 160 mil postos de trabalho

O Presidente da República, João Lourenço, reafirmou a sua intenção de continuar a combater a corrupção e a promover reformas económicas no discurso sobre o estado da nação proferido nesta terça-feira, 15, na Assembleia Nacional.

Lourenço reconheceu que há muito a fazer, mas garantiu ter cumprido um terço da promessa de criação de 500 mil empregos durante a presente legislatura, isto, mais de 160 mil empregos.

“O nosso foco continua a ser a boa governação, a defesa do rigor e da transparência em todos os actos públicos, a luta contra a corrupção e a impunidade, a reanimação e diversificação da economia, o resgate dos valores da cidadania e a moralização da sociedade no seu todo, bases indispensáveis para se garantir o progresso social e o desenvolvimento sustentável do país”, afirmou Lourenço num discurso de duas horas, em que reiterou a sua cruzada contra a corrupção.

“No concernente à actividade da Procuradoria-Geral da República (PGR), importa referir que foi reestruturada e redinamizada a Direcção Nacional de Prevenção e Combate à Corrupção que, em comparação com os 18 processos instaurados de 2012 a 2017, instaurou 192 processos de inquérito de 2017 a 2019, ou seja, instaurou em dois anos dez vezes mais inquéritos do que nos 5 anos anteriores”.

Na anterior legislatura presidida por José Eduardo dos Santos, segundo o Chefe de Estado, foram registados na PGR 288 declarações de bens por parte de servidores públicos., enquanto “nos últimos dois anos, foram recebidas 1327 declarações de bens.

Lourenço também destacou a reestruturação da Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP) que, “nos últimos dois anos, submeteu ao Tribunal Supremo para julgamento 11 processos-crime de natureza económico-financeira”.

No capítulo económico, que ocupou grande parte do discurso sobre o estado da nação, João Lourenço reconheceu que “embora tenha empenhado o melhor dos meus esforços na aplicação do programa de governação, estou consciente de que ainda muito há para realizar para satisfação das necessidades que o povo enfrenta”.

 

C/ VOA

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (18)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (71)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (11)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação