Connect with us

Politica

Governadora do Huambo confiante na vitória do seu partido nas eleições de 2022

Published

on

O MPLA, a OMA e a JMPLA marcharam, na manhã deste sábado, 6, na cidade do Huambo, em apoio à candidatura de João Lourenço, na continuidade da liderança do partido, no oitavo congresso, a se realizar em Dezembro próximo.

A marcha juntou, para além de militantes e simpatizantes, membros do comité central e do bureau político, como Mário Pinto de Andrade, secretariado do Bureau Político do MPLA, e coordenador do Grupo de Acompanhamento à província do Huambo.

Durante a marcha, a governadora anfitriã, reafirmou a confiança na vitória do seu partido nas próximas eleições, deixando expresso, que o MPLA no Huambo está a trabalhar, “definindo estratégias, para que pela quinta-vez o volte a ganhar”.

No acto político que decorreu no Campo do Mambroa, bairro Cacilhas, Lotti Nolika, nas vestes de Secretária do MPLA no Huambo, agradeceu o facto da Direcção Central da JMPLA ter escolhido a província que dirige para abrir as jornadas de 23 de Novembro.

A JMPLA, por sua vez, na voz do seu líder, avançou no seu discurso de abertura, que a Organização Juvenil que dirige, comemora no dia 23 de Novembro do ano em curso, o seu 59° aniversário, num contexto particular e especial, em que o MPLA prepara-se para no próximo mês realizar o seu VIII Congresso Ordinário, Congresso do afinar da máquina eleitoral para a maior festa democrática do País.

A semelhança de outros discursos, Crispiniano dos Santos, voltou a deixar recados a oposição, desta vez, pediu aos militantes da organização que dirige, para estarem atentos às manobras da oposição, e “a não se deixarem levar por conversas infundadas, mergulhadas em calúnias, intrigas, arruaças, desrespeito aos mais velhos e às Instituições democraticamente eleitas”, disse.