Connect with us

Desporto

Girabola regista primeira “chicotada psicológica” – Luís Gonçalves já não é técnico do Interclube

Published

on

O que se suspeitava no Interclube acabou por acontecer. Luís Gonçalves já não é mais o treinador principal, sendo a primeira “chicotada psicológica” no Girabola. A direcção de Alexandre Canelas rescindiu amigavelmente o contrato de trabalho com o técnico português por maus resultados.

As duas derrotas consecutivas sofridas em casa na última semana, primeiro com o Desportivo da Lunda Sul, por 0-2, em jogo de antecipação à 10ª jornada, e em seguida com o São Salvador do Kongo, equipa recém promovida ao Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola 2023-2024, levaram a direcção do Interclube a reunir-se de imediato e demitir o timoneiro, consumando assim a chicotada psicológica.

Luís Gonçalves, assumiu o comando do clube do Rocha Pinto na temporada passada, à entrada da oitava jornada, em que rendeu o compatriota Rogério Gonçalves, que liderou a equipa durante quatro meses e saiu por razões familiares. O Interclube ocupava a quinta posição com 11 pontos, fruto de três vitórias, duas derrotas e dois empates, em sete jogos, disputados na primeira volta do campeonato.

No início da presente época, o técnico havia assumido publicamente a conquista do campeonato, mas deixa o conjunto afecto à Polícia Nacional, na décima segunda posição com cinco pontos, resultante de quatro derrotas, dois empates e uma vitória em sete jogos.

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.

Colunistas