Connect with us

Eleições 2022

Furto de bandeiras e queima de propaganda entre crimes eleitorais mais registados – PGR

Published

on

A Procuradoria-Geral da República  diz estar a registar crimes eleitorais, nomeadamente “furto de bandeiras e queima de material de propaganda” de partidos opostos, que têm merecido resposta dos órgãos judiciais.

Segundo o vice-procurador-geral, Mota Liz, a Procuradoria-Geral da República (PGR) tem estado a monitorizar o país em relação à prática de determinados crimes, sobretudo nesta fase de campanha eleitoral, e o “furto de bandeiras e a queima de material de propaganda” dos partidos lideram as ocorrências.

“Além de outros crimes que têm estado a merecer a pronta resposta dos órgãos de prevenção e combate ao crime, das instituições judiciárias do país, privilegiando aqui, pela natureza desses crimes e natureza das suas sanções, o julgamento sumário”, afirmou Mota Liz, esta terça-feira (09.08), em Luanda.

“A resposta para que as penas cumpram a sua função preventiva, no plano geral e no plano especial, a resposta deve ser célere, porque o que se quer no final é ordem, estabilidade no exercício do voto para garantir que as eleições sejam justas, livres e transparentes”, assinalou.

As quintas eleições gerais da história política de Angola estão marcadas para 24 de agosto de 2022 e neste momento decorre a campanha eleitoral das oito formações políticas aprovadas para o escrutínio.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *