Connect with us

Economia

Fundo Soberano quer Quantum Global fora da gestão dos seus activos

Published

on

A administração do Fundo Soberano de Angola (FSDEA) admitiu hoje que receia na forma como a Quantum Global, do suíço-angolano Jean-Claude Bastos de Morais, geria os investimentos da instituição, anunciando que pretende afastar a empresa da gestão dos seus activos.

Em comunicado enviado hoje à Lusa através do Ministério das Finanças de Angola, o FSDEA, que até janeiro foi liderado por José Filomeno dos Santos, filho do ex-Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, assume ter “grandes preocupações sobre a forma como a Quantum Global investia os seus recursos”, admitindo que “não está totalmente alinhada com os princípios segundo os quais foi criado este fundo soberano” ou com princípios de transparência.

“Estas preocupações do FSDEA são ainda reforçadas por revelações sobre a Quantum, no âmbito das investigações conhecidas como `Paradise Papers`, e pelas acusações criminais das autoridades da Suíça contra o senhor Jean-Claude Bastos, fundador da Quantum”, lê-se no mesmo comunicado.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *