Connect with us

Lifestyle

França suspende vendas do iPhone 12 por elevados níveis de radiação

Published

on

As autoridades francesas determinaram esta terça-feira, 12, que a Apple suspenda a venda do iPhone 12. Na decisão, as autoridades informam que o aparelho emite uma “quantidade excessiva de radiação eletromagnética”, e pede que a empresa corrija os aparelhos existentes.

A agência francesa que regula as frequências, a ANFR, afirmou que os testes revelaram que este modelo emite mais ondas eletromagnéticas suscetíveis de serem absorvidas pelo corpo do que é permitido. O órgão declarou ter ordenado “a retirada do iPhone 12 do mercado francês a partir de 12 de Setembro”.

A ANFR explicou, ainda, que laboratórios credenciados constataram uma absorção de energia eletromagnética pelo corpo de 5,74 watts por quilograma durante os testes que simulavam o momento em que o telefone é segurado na mão ou colocado no bolso. O padrão europeu estabelece uma taxa de 4,0 watts por quilograma.

“Em relação aos telefones já vendidos, a Apple deve tomar medidas corretivas o mais rápido possível para que os aparelhos afetados estejam em conformidade”, afirmou a organização em comunicado. “Caso contrário, a Apple terá que recolhê-los”. A partir desta quarta-feira, a ANFR irá verificar se os modelos não são mais oferecidos.

Colunistas