Connect with us

Economia

“Fórum Angola-UE é oportunidade para melhorar investimento europeu no país”

Published

on

A embaixadora da União Europeia em Angola disse que o segundo Fórum de Negócios Angola-União Europeia é uma oportunidade para melhorar o investimento dos países membros daquele bloco económico no país.

Rosária Bento começou por explicar que a realização do fórum está enquadrada na estratégia daquele bloco económico do velho continente ‘global gateway’, para promover ligações inteligentes, limpas e seguras nos sectores digital, da energia, dos transportes e reforçar o sistema de saúde, de educação e investigação, entre a Europa e os seus países parceiros.

“A estratégia da União Europeia Global Gateway é composta de um financiamento da União Europeia, dos Estados membros, da banca europeia de investimentos, das instituições financeiras dos estados membros, que investirá 150 mil milhões de Euros, entre 2021 e 2027, em África, metade do total, 300 mil milhões para o nível global”, detalhou.

Recordou que no primeiro Fórum de Negócios Angola-União Europeia, realizado em Bruxelas em 2021, foram destacadas as reformas económicas em curso em Angola, no quadro da melhoria do ambiente de negócio para a atração do investimento estrangeiro e diversificar a economia angolana.

“Também ficou patente o nosso reconhecimento mútuo que a força motriz para essa diversificação é o sector privado”, referiu, acrescentando que o evento que se realizou na sexta-feira em Luanda, representa “de novo uma grande oportunidade”, para os representantes empresariais angolanos e europeus bem como para os decisores políticos se unirem novamente para explorar as oportunidades de investimento e comércio, promover parceria, investir no emprego para os jovens e no crescimento em Angola.

Rosária Bento disse ainda que o evento está alinhado com a linha de cooperação da União Europeia, que apoia as cadeias de valores com projectos concretos.

“Investimentos da UE em Angola são muito incipientes”