Connect with us

Politica

FNLA quer melhoria da pensão dos antigos combatentes

Published

on

A Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) solicitou nesta quinta-feira, em Luanda, ao Titular do Poder Executivo, João Lourenço, para rever a questão da remuneração atribuída aos antigos combatentes, no quadro do Fundo de Pensão atribuída mensalmente pelo Estado.

A solicitação foi feita pelo presidente da FNLA, Lucas Ngonda, durante uma audiência, a si concedida pelo Presidente da República, que serviu para abordar a situação dos antigos combatentes e do partido histórico.

Em declarações à imprensa no final, Lucas Ngonda disse que o valor atribuído mensalmente a cada pensionista não permite colmatar as necessidades básicas.

Cada pensionista, segundo o político, recebe mensalmente 23 mil kwanzas.

Lucas Ngonda disse que a FNLA tem sob seu controlo 27 mil 180 antigos combatentes.

Fundada em 1954, a FNLA é um dos movimentos que lutou pela causa da independência de Angola, proclamada a 11 de Novembro de 1975. Actualmente tem um assento no Parlamento, na sequência das eleições gerais de 2017.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas