Connect with us

Politica

FNLA denuncia tentativa de desestabilização interna do partido

Published

on

O presidente da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) denunciou que há pessoas com intenção de introduzir a subversão no seio do partido que lidera, através da mobilização da massa juvenil.

Nimi a Simbi fez esta declaração no seu discurso, durante a 3ª Sessão Ordinária do Bureau Político da FNLA, que decorreu na sexta-feira, 12, em Luanda, tendo destacado que muitas acções estão a ser feitas pela sua liderança para o fortalecimento da democracia interna do partido, com destaque para as assembleias municipais.

O líder da FNLA recomendou ainda um diálogo permanente entre o Governo, sindicatos e sociedade civil para solucionar os principais problemas da actual conjuntura política nacional, tendo condenado as ameaças e vandalizações do património dos sindicatos do país.

“As ameaças e vandalizações do património dos sindicatos do país não abonam para a construção de um Estado de direito, assente na Constituição e com observância e cumprimento da lei”, destacou.

Colunistas