Connect with us

Mundo

Fim de exercícios militares em Taiwan: Pequim diz estar preparada para “lutar em todos os momentos”

Published

on

O Governo chinês anunciou esta segunda-feira, 10, que concluiu “com sucesso” os exercícios militares ao redor da ilha Formosa. O terceiro e último dia de manobras realizadas por Pequim contou com 12 navios de guerra e 91 aeronaves, de acordo com o Ministério de Defesa taiwanês.

A porta-voz do Comando do Teatro Oriental do Exército de Libertação Popular (ELP) afirmou que “as operações testaram exaustivamente a capacidade integrada de combate conjunto dos múltiplos serviços e armas do ELP em condições reais de combate”. As tropas de Pequim “estão bem preparadas para lutar em todos os momentos e resolutamente vão esmagar as tentativas separatistas de ‘independência de Taiwan’ e a interferência estrangeira de qualquer forma”.

O Ministério da Defesa taiwanês detectou esta segunda-feira, 12 navios de guerra e 91 aviões chineses, das quais 54 terão cruzado a linha mediana entre a ilha e a China continental. Um dos porta-aviões da República Popular, o Shandong, participou nas manobras. O ministro dos Negócios Estrangeiros de Formosa, citado pela agência France-Presse (AFP), acusou Pequim de “intencionalmente usar os exercícios militares para minar a paz e a estabilidade no Estreito de Taiwan”.

As operações realizadas pelo ELP são uma resposta ao encontro da presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, com o presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Kevin McCarthy, na passada quarta-feira. A tensão na região é a maior desde agosto, quando a antecessora de McCarthy, Nancy Pelosi, visitou a ilha, numa viagem encarada por Pequim como uma “provocação” e que rendeu semanas de manobras militares.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *