Connect with us

Desporto

FIFA alarga à escala mundial suspensão de cinco anos a dirigentes nigerianos

Published

on

Em maio de 2016, a NFF proibiu Chris Giwa e quatro dos seus apoiantes de toda a atividade ligada ao futebol por terem violado os regulamentos da FIFA.

A FIFA confirmou hoje o afastamento à escala mundial de cinco dirigentes envolvidos na luta pela liderança da Federação de Futebol da Nigéria (NFF), punidos com cinco anos de suspensão por levar o processo aos tribunais civis.

Em causa está o processo eleitoral para a direção da NFF, posto em causa após a eleição de Chris Giwa, em 2014, e que levou a novo escrutínio, após ameaça da FIFA de banir o futebol nigeriano, com a escolha a recair em Amaju Pinnick.

Chris Giwa, antigo dono do Giwa FC, da cidade de Jos, considera que ele é que é o presidente da NFF e, recusando-se a aceitar a eleição de Amaju Pinnick, arrastou o processo para os tribunais civis para desafiar a sua legitimidade.

Em maio de 2016, a NFF proibiu Chris Giwa e quatro dos seus apoiantes de toda a atividade ligada ao futebol por terem violado os regulamentos da FIFA ao recorrerem aos tribunais civis.

A FIFA anunciou no seu sítio que “decidiu prolongar a proibição de cinco anos de participar em qualquer tipo de atividade relacionada ao futebol” à escala mundial a Chris Giwa e aos outros quatro elementos que o apoiaram.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas