Connect with us

Lifestyle

Festival internacional marca comemorações dos 47 anos da Independência de Angola

Published

on

O festival denominado “Força Angola 47 Anos”, que contará com as actuações internacionais de Angélique Kidjo, Monique Séka, Lutchiana Mobulu, Petit Pays e Sam Mangwana, é um dos pontos altos das comemorações dos 47 Anos da Independência de Angola.

O evento, que irá decorrer no Estádio dos Coqueiros, no dia 12 de Novembro, levará ainda ao palco os músicos Dom Caetano, Yuri da Cunha, Yannick Afroman, Prodígio, dentre outros.

O 11 de Novembro será celebrado em todo o país e nas missões diplomáticas e consulares angolanas, contudo, Luanda será a província sede do Acto Central, esta sexta-feira, com diversas actividades.

Segundo o programa em alusão à data, o qual o Correio da Kianda teve acesso, o Presidente João Lourenço vai depositar, no dia 11 de Novembro, uma coroa de flores na estátua do primeiro Chefe de Estado angolano, António Agostinho Neto, no Largo da Independência.

Um evento para saudar a data será presidido pelo ministro da Administração do Território (MAT), Dionísio da Fonseca, na Praça Doutor António Agostinho Neto.

A Independência de Angola foi proclamada a 11 de Novembro de 1975, pelo primeiro Presidente, Agostinho Neto.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.