Connect with us

Cultura

Festival internacional de Cinema exibe 36 filmes dos nove países da CPLP

Published

on

Um total de 36 filmes de Angola, Brasil, Cabo-Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, estão a ser exibidos desde a última quinta-feira, em Luanda, na 3ª Edição do Festival Internacional de Curta Metragem (FESC-Kianda) que decorre no Centro Cultural Brasil na Mutamba, onde decorrem igualmente debates de temas de interessa dos fazedores e amantes da sétima arte, com acesso gratuito.

A partir das 17 horas deste sábado 19, nove filmes de oito países, estarão em exibição, com os temos de duração a variar entre os cinco e 25 minutos. Antes, as 15h30 os participantes assistir a palestra subordinada ao tema captação de recursos para produção audiovisual, a ser abordado por Jorge Cohen e Paulo Americano.

Para domingo 20, a mesma hora, o debate será a volta da importância do Festival de Cinema, com os produtores Hochi-Fu, Edgar de Carvalho, Praia Chandalombua e o Mawete Paciência.

A programação para esta dia reserva a exibição dos filmes ‘Jogos Ilegais’ de São Tomé, ‘Vivências’ do produtor angolano Ernesto Castelo, ‘Solidão’, de Laura Jorge de Portugal, ainda ‘Vestígios’, do cineasta Brasileiro Beto Besante.

Os últimos 30 minutos de exibição de filmes estão reservados para Vicente Cooper (Angol) ver o seu o ‘Haker’ ser assistido.

No quarto dia, próxima segunda-feira, o produtor moçambicano Asane Ramadane, com o seu ‘cabo desligado’ e o ‘viro artista ou morro tetando’ da Brasileira Laís Muniz, verão ser assistidos os seus filmes, juntamente com os trabalhos dos angolanos António Correia (‘é nós ai’ e ‘Controverso’), Sérgio Oliveira (‘um pedaço de Amor’) e Salomão Dialungana (‘1 DE ABRIL’). Na terça-Feira 22, serão exibidos três filmes de Angola, um do Brasil e outro da Guiné Equatorial.