Conecte-se agora

Destaque

Festa na sede do Ministério da saúde com a exoneração de Luís Gomes Sambo

Redação

Publicados

on

festa na sede do ministério da saúde com a exoneração de luís gomes sambo - Lui  s Gomes Sambo - Festa na sede do Ministério da saúde com a exoneração de Luís Gomes Sambo

A exoneração de Luís Gomes Sambo do cargo de Ministro da Saúde é motivo de grande satisfação entre os trabalhadores do MINSA ( houve brindes de champanhe nos corredores do edifício -sede e em casa de alguns funcionários) pois “durante o seu reinado dirigiu toda a sua acção baseando-se no ódio, intriga e vingança, em nome duma aparente melhoria do funcionamento do sector, onde era coadjuvado por um bando de seguidores e malfeitores trazidos por si em detrimento dos quadros que a muitos anos lá trabalham não respeitando a legislação da função pública dentre eles um conhecido jornalista como um grande intriguista e produtor de falsas noticias, pagos a preço de ouro através duma empresa dum funcionário da DNRH e não cumprindo com a lei foram absorvidos no Ministério com categorias superiores aos antigos funcionários por via de um forjado concurso publico”, dizem a nossa fonte. E vão mais longe dizendo mesmo, que até os Ministros oriundos da UNITA souberam respeitar e dignificar os trabalhadores.

Não foi aprovado nenhum diploma legislativo durante o seu consulado não obstante ter encontrado um pacote legislativo,a situação dos Hospitais é  pior do que aquela que encontrou não obstante ter recebido recursos avultados para a aquisição de medicamentos,  tendo optado por preços altos e não entregues que pôs a disposição da empresa de um General amigo e dos seus familiares. Os Directores estão proibidos de falar para a imprensa,  induziu a direcção do País  e do Partido em erro pois o actual programa para a governação é muito fraco  (ler o que postou o Dr. Kiassekoka),a tão propalada indústria farmacêutica é um fracasso não obstante o governo ter disponibilizado 44.000.000 de euros.

“Fomos enganados por ele ter passado pela OMS, o que não sabiam é  que a sua gestão foi um fracasso devido a sua falta de acção permitiu a propagação da epedimia da ebola na África Ocidental (ler o resultado do painel de peritos) e na  OMS quase tudo e feito em Genebra ate a gestao financeira com esta estrutura por trás até a Titica poderia ser Director (a). Aparentemente lá só aperfeiçoou o estilo de gestão tipicamente Africano baseado no tribalismo e no ódio, parece que os kimbandas e os pedidos feitos ao PR por ele e os seus mentores ao Ex PR não surtiram efeito, agora vai curtir um banzelo de LEXUS”, dizem a nossa fonte no MINSA.

Segundo a nossa fonte, Luís Gomes Sambo teve uma gestão financeira desastrosa, efectuando pagamentos a empresas fantasmas, ou seja, efectou pagamentos a empresas do seus familiares e amigos que nunca prestaram nenhum serviço ao Ministério da Saúde, facto que contribuiu para a situação caótica nos hospitais.

Todas expectativas criadas aquando da sua nomeação, foram goradas. Foi o pior Ministro da Saúde na história do sector.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (240)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (13)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (14)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (60)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (7)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação