Connect with us

Angola que dá certo

Fazenda prevê produzir dois milhões de ovos/dia em 2021

Published

on

A fazenda Pérola do Kikukxi, localizada no município de Viana, em Luanda, prevê recuperar, em Janeiro próximo, a sua capacidade de produção de um milhão de ovos/dia, interrompida em Março deste ano, por força da pandemia da covid-19.

Segundo a administradora da referida empresa, Elizabeth Dias dos Santos, que falava durante uma visita de constatação dos secretários de Estado de Economia, Mário Caetano João e do Comercio, Amadeu Leitão Nunes, a produção da Kikovo abaixou para 600 mil ovos/dia, devido aos condicionalismos impostos pela covid-19.

De acordo com a gestora, com os novos investimentos em carteira, suportados pela banca nacional, a Fazenda prevê dobrar a capacidade para dois milhões de ovos/dia, a partir de Abril de 2021.

Para o efeito, a empresa necessitará mobilizar recursos financeiros à volta de 80 milhões de dólares, o que permitirá criar três mil postos de trabalho.

A fazenda conta com um matadouro com capacidade para abater dois mil e 500 frangos/ hora e 100 toneladas durante um mês.

Conta também com uma fábrica de rações, com capacidade de transformação de 20 toneladas de alimentos para as aves.

Durante a visita, o secretário de Estado da Economia, Mário Caetano João, elogiou o investimento que está a ser feito na fazenda, tendo sublinhado que acções do género contam com o apoio do Ministério.

Referiu que o Ministério da Economia e Planeamento não dá apoio financeiro, mas criou uma política através da banca para que se preste todo auxílio aos empresários, com objectivo de incentivar a produção nacional, reduzindo desta forma as importações.

Por sua vez, o secretário de Estado de Comércio, Amadeu Leitão Nunes, manifestou-se impressionado com a dinâmica do projecto Pérola do Kikuxi.

A fazenda Pérola do Kikuxi, criada em 1997, conta actualmente com 545 colaboradores, número que prevê aumentar no próximo ano, resultado dos investimentos já anunciados.

Por Angop 

Colunistas