Connect with us

Angola que dá certo

Famílias carenciadas do bairro Kitondo recebem doações avaliadas em vinte milhões de kwanzas

Published

on

Mais de quinhentas famílias residentes no bairro Kitondo, distrito do Zango, em Luanda, beneficiaram, neste último domingo, da doação de vários bens de primeira necessidade, avaliados em cerca de 20 milhões de kwanzas, efectuada pela Xtagiarius Finance.

Em declarações à imprensa, o CEO da empresa, Edson Caetano de Oliveira, informou que a doação teve como principal objectivo o reforço de bens alimentares e mobiliários às famílias que passam por diversas carências naquela zona do Kitondo, onde parte da população vive em casebres e em condições precárias.

“A crise está cada vez mais a apertar, mas a responsabilidade deve ser maior. Foi com este  pensamento que viemos doar bens diversos aqui neste bairro”, disse, Caetano de Oliveira.

Para além dos bens alimentares de primeira necessidade, doados pela Xtagiarius Finance, para colmatar outras dificuldades dos moradores do bairro Kitondo, ofereceu ainda colchões para atender às necessidades dos moradores que, com a chuva, viram vários dos seus bens serem levados pela água.

Bairro Kitondo

Com mais de três mil famílias, o bairro Kitondo é constituído, na sua maioria, por moradores que foram desalojadas da Ilha de Luanda para o distrito do Zango, em 2009, e que até ao momento, continuam sem o alojamento prometido pelo Governo naquele referido ano.

Ao Correio da Kianda, os moradores acusam o Governo de os terem abandonado.

Foram desalojados em Abril de 2009 e levados para o bairro Zango I, no município de Viana, onde acabaram, posteriormente, de serem transferidos para o bairro onde actualmente se encontram.

Na altura, afirmam os  moradores, moravam em tendas oferecidas pelo Governo, e a  promessa feita pelo Executivo de José Eduardo dos Santos, na altura dos factos, era que ficariam naquelas condições precárias durante quatro meses, no máximo, mas, já lá se  passaram quase dez anos, e a situação continua por resolver.

Com uma boa parte dos moradores desempregados com crianças, na sua maioria e jovens  fora do sistema de ensino, a Xtagiarius, para além de bens oferecidos, disponibilizou aos moradores, 50 empregos directos, nas áreas de motorista, dentre outros.

Impedidos de construírem as suas próprias residências definitivas, o Kitondo é um bairro de chapa, que enfrenta, dentre outras dificuldades, fome, miséria, vida precária e falta de quase tudo, como apurou a nossa equipa em visita ao local.

Continue Reading
1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (18)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (89)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania