Connect with us

Angola que dá certo

Famílias carenciadas de Cabo Ledo assistidas com uma tonelada de cestas básicas

Published

on

Cerca de 300 famílias da localidade de Sangano, comuna de Cabo Ledo, em Luanda, foram assistidas com cestas básicas para mitigar a fome que aquelas populações enfrentam em consequência da crise económica, agravada com os efeitos da pandemia da Covid-19. A iniciativa é da Angola Cables, enquadrada nas suas acções de responsabilidade social.

A multinacional de Telecomunicações levou mais de uma tonelada de bens alimentares para assistir às populações daquela localidade do Cabo Ledo. Em parceria com a Associação Kamba Solidário efectuaram a doação, no último Sábado, 27 de Novembro.

Cada cesta básica oferecida de bens não perecíveis foi composta por arroz, fuba, feijão, açúcar, massa alimentar, água e óleo vegetal.

Segundo a Administradora da Angola Cables, Laura Carneiro, o acto enquadra-se no programa de responsabilidade social da Angola Cables, que anualmente apoia instituições que prestam assistência voluntária a pessoas em situações de carência.

“Enfrentamos um momento muito crítico e olhar para o próximo, para quem mais precisa é essencial, sabemos que podemos fazer sempre mais, mas perceber que levamos um pouco de conforto a quem mais precisa ter a equipa Angola Cables disponível, para nós, é o verdadeiro significado da palavra a solidariedade um dos grandes pilares sustentáveis da nossa empresa”, disse.

Por outro lado, Jorge Salvador, Fundador da Associação Kamba Solidário sublinhou que “Queremos dar um pouco de nós a quem mais precisa. É dessa vontade que nasce a parceria com a Angola Cables, uma iniciativa solidária que tem como objectivo fazer chegar bens alimentares as famílias mais necessitadas”.

Sobre a Angola Cables

A Angola Cables é uma multinacional de TI focada na venda de soluções para infra-estruturas de data center, venda de conectividade, serviços Cloud para IP providers para o sector corporativo com necessidades de serviços e conexões digitais. Actualmente, opera os sistemas de cabos SACS, Monet e WACS, gere dois centros de dados e duas estações de cabos submarinos, o AngoNAP Fortaleza, AngoNAP Luanda, CLS Sangano e CLS Monet, e faz a gestão do Angonix, Internet Exchange Point que está entre os cinco maiores de África. Através da sua rede, a companhia conecta África, Europa e a América, além de ter parcerias estabelecidas para se conectar à Ásia.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (31)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (27)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (91)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (23)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania