Connect with us

Sociedade

Familiares devolvem 20 grades de cerveja do alambamento por questões religiosas 

Published

on

No último sábado, 14, do corrente mês, uma família, na zona da Caop, município de Cacuaco, rejeitou receber 20 grades de cerveja, durante a cerimónia do alambamento (pedido) entregue pela família do noivo, por pertencerem a igreja Adventista do Sétimo Dia.

De acordo com familiares, a rejeição das 20 grades de cerveja deveu-se porque membros da igreja, como diáconos, diaconisas e anciãos, fizeram-se presentes no momento do ritual, o que obrigou alguns familiares da noiva a devolverem as referidas grades de cerveja, uma vez, que a denominação do sétimo dia ensina a abstinência pelo álcool.

A devolução e rejeição das grades não foi de todo unânime por parte de outros membros da família da noiva não pertencentes a igreja adventista, que em off, consideraram a rejeição da bebida como acto de hipocrisia, por ter sido referido, segundo um dos membros da família, na carta de pedido entregue ao noivo.

“Não faz sentido rejeitar as 20 grades de cerveja, só porque tem aqui irmãos da igreja das minhas irmãs. A nossa família é grande, e nem todos somos adventistas, se fosse para se rejeitar, que se rejeitasse já no dia que escrevemos a carta. Isso assim é ser falso e hipócrita”, atirou-se contra a família, um dos tios não adventista da noiva.

O momento, que congregou também a vizinhança, ficou marcado com os gritos de alguns presentes, na sua maioria vizinhos, que depois da família ter dito que não aceitariam receber as 20 grades de cerveja, pediram aos gritos que lhes-fossem entregues.