Connect with us

Economia

Falta de contabilista tem levado muitas empresas à falência em Luanda, diz especialista

Published

on

O académico Kumen Luamba disse este sábado, 06, à Rádio Correio da Kianda, que a falta de contabilistas tem sido a causa de falência de muitas empresas em Angola.

Kumen sublinhou que por falta de conhecimento, alguns cidadãos criam empresas sem contratar contabilista e acabam por falir, devido o fraco conhecimento da contabilidade.

O também docente universitário lembrou que “a função do contabilista não se limita apenas em pagar impostos”. Já Ferreira Zangue, outro académico, afirmou que “há poucos contabilistas no país” e lançou um desafio à Ordem dos Contabilistas para maior promoção da profissão.

Por sua vez, o economista Daniel Sapateiro destacou a importância da contabilidade na saúde financeira das empresas.

Luanda acolheu neste sábado um certame que juntou especialistas de contabilidade, empresários do sector agrícola e estudantes para abordar a temática sobre a contabilidade agrícola.

Contabilidade e agricultura

Segundo disse à Rádio Correio da Kianda, o porta-voz do certame, Cláudio Kunga, a especial Masterclass trouxe o tema contabilidade agrícola por ser factores inseparáveis, por o sector primário ter a necessidade de seguir as normas internacionais, com vista a dar um tratamento específico, como os activos biológicos, de animais, plantas, entre outros.

Cláudio disse, por outro lado, que, para estabelecer a diferença entre a contabilidade empresarial e agrícola “é necessário estabelecer algumas características, o método contabilístico que se faz no sector dos transportes é diferente do que se aplica no sector agrícola”.

Alguns estudantes presentes na actividade louvaram a iniciativa da Academia de Contabilidade por saírem da actividade com novo saber, por considerarem que na academia tem tido apenas a teoria, já este certame veio trazer elementos práticos.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Kiambi Ernesto

    09/07/2024 at 6:56 pm

    A burocracia, que se assiste na OCPCA(Ordem dos contabilistas e peritos contabilistas de Angola), na atribuição da carteira profissonal, é um dos endicapes para esta falta.
    Existe no mercado, muitos quadros formados em contabilidade, e que não podem exercer a função por falta de inscrição na ordem.
    Em minha opinião, há a necessidade urgente, de se rever os critérios de admissão na ordem, para se reverter este paradigma.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *