Connect with us

Desporto

FAF sanciona Sagrada Esperança com multa de mais de dois milhões de kwanzas

Published

on

A Federação Angolana de Futebol sancionou o clube Desportivo Sagrada Esperança, da Lunda Norte, com multa de 2.200.000,00 (dois milhões e duzentos mil kwanzas), como consequência da invasão dos seus adeptos ao relvado do Estádio do clube, na partida frente ao Petro de Luanda, para a 27ª jornada do campeonato nacional da primeira divisão, Girabola 2022/2023.

Além da multa em valores monetários, o Sagrada Esperança fica igualmente sujeito a realizar jogos a porta fechada, sem a presença dos seus adeptos.

“Conselho de Disciplina da Federação Angolana de Futebol, no seu encontro do dia 3 de Maio, realizada na sede da FAF, sobre os factos que ocorreram no jogo nº 215/23, jornada 27 do Campeonato Nacional da 1ª Divisão – Girabola, entre as equipas do Grupo Sagrada Esperança e Atlético Petróleos de Luanda, realizado no dia (29/04/2023), a reunião ordinária deste Órgão, prevista nos termos dos artigo 141.º, 143.º, 21.º e 37.º do RD/FAF deliberaram em sancionar o Clube visitado, o Grupo Desportivo Sagrada Esperança”, lê-se no comunicado datado desta sexta-feira, 5 de Maio, a que o Correio da Kianda teve acesso.

A primeira sanção aplicada ao clube Sagrada Esperança , sobre a realização de jogos a porta fechada, começa a contar a partir do jogo nº232 marcado para o dia 14 de Maio do corrente ano no Estádio Sagrada Esperança, referente à 29ª jornada, e “se estende até a 1ª volta da próxima edição do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, em todos os jogos que actue como visitado o Grupo Desportivo Sagrada Esperança”.

Já a multa, de acordo com o documento do Conselho de Disciplina da Federação Angola de Futebol, é “agravada em valor correspondente a 25.000UFC”, equivalente a dois milhões e duzentos mil kwanzas.