Connect with us

Desporto

FAF: MINJUD salva selecção e garante USD três milhões para campanha do CAN

Published

on

O governo angolano garantiu nesta segunda-feira, 16, apoio financeiro de mais de três milhões de dólares, para suportar as despesas relacionadas com a participação da selecção sénior masculina de futebol, nas competições africanas, mediante um memorando assinado entre o Ministério da Juventude e Desportos e a Federação Angolana de Futebol.

O acordo foi assinado uma semana depois de terem corrido notícias sobre a provável desistência da Selecção Nacional de Angola de participar na campanha para a taça das nações africanas de 2023, por falta de verbas.

O Presidente da Federação Angolana de Futebol, Artur Almeida e Silva, garantiu, na cerimónia, que o valor em causa é suficiente para os desafios a que foram disponibilizados, tendo acrescentado que com essa verba, fica descartada qualquer possibilidade de recorrer à patrocínio.

O dinheiro vai ser disponibilizado por parcelas, com o processo a começar já a partir dos próximos dias.

O diretor nacional dos desportos angolano Nicolau Daniel disse estarem criadas as condições para que Pedro Gonçalves e a seleção dignifiquem Angola na fase de apuramento da Taça das Nações Africanas, que se vai disputar na Costa do Marfim.

Na fase de qualificação para a CAN2023, que arranca dentro de duas semanas, a seleção angolana de futebol, que está inserida no Grupo E, vai defrontar as congéneres da República Centro Africana, em 01 de junho, em Luanda, em jogo da 1.ª jornada , cinco dias depois, joga diante do Madagáscar, no reduto deste, e na terceira jornada defronta o Gana.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas