Connect with us

País

Altos quadros do Ministério da Agricultura envolvidos na exploração desenfreada de Madeiras no Moxico

António Sacuvaia

Published

on

altos quadros do ministério da agricultura envolvidos na exploração desenfreada de madeiras no moxico - SAVE 20191104 194004 - Altos quadros do Ministério da Agricultura envolvidos na exploração desenfreada de Madeiras no Moxico

Cresce, todos os dias, a insatisfação e descontentamento, por parte dos empresários da Província do Moxico ligados a exploração de madeira. Em causa está, a burocracia na concessão de licenças de exploração, por parte do Ministério da agricultura, que segundo denunciam, tem sido concedido a base de interesses pessoais em troca de comissões, e, que os estrangeiros têm sido os mais privilegiados.

Sem avançar nomes, alguns empresários na Província do Moxico, região onde o Correio da Kianda esteve recentemente e ouviu alguns destes, apontaram pessoas bem identificadas, ligadas ao Ministério da Agricultura, de estarem envolvidos na exploração desenfreada de Madeira naquela Província., Segundo denunciam, tornou-se num negócio com envolvência de altas figuras da sociedade civil e governamental, e, que funcionam tudo a base de uma rede, com sede em Luanda, que em troca de interesses pessoais, dedicam-se mais em privilegiar empresas estrangeiras, como chinesas e indianas em detrimento dos Angolanos.

Alguns destes empresários Angolanos, que falaram em anonimato, por temerem bloqueios nas suas actividades empresariais, explicam que aos poucos vão desistindo desta actividade por falta de clareza na concessão de licenças, tem sido o busíl da questão.

“Os bloqueios por parte do Ministério da Agricultura contra os empresários Angolanos no sector da exploração de madeira de forma legal aqui no Moxico, tem sido de tirar o chapeu. Inclusive assusta. Não se compreende como é que empresas estrangeiras têm tanta facilidade assim de conseguir licenças ,até mesmo extensões de espaços de exploração maiores em relação a nós. Mais uma certeza temos, falo em nome de muitos empresários, há uma “máfia” no Ministério da Agricultura que está por detrás deste negócio e que o Presidente da República precisa desmascarar. Lamenta, um dos empresários ouvidos pela nossa reportagem.

IDF SEM MEIOS DE FISCALIZAÇÃO

Após as denúncias, procuramos ouvir o Instituto de Desenvolvimento Florestal naquela Província, e em entrevista, o Director de departamento do IDF, Paulo Muacazanga, admitiu que a exploração de Madeira de forma ilegal, só tem tido sucesso, por falta de meios para que se possa fiscalizar com maior eficiência, atendendo a dimensão territorial da Província do Moxico.

Diante das denúncias, O correio da Kianda tentou contactar via telefone o Ministério da Agricultura em Luanda, mas não fomos atendidos.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (18)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (71)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (11)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação