Connect with us

Politica

Exigências do caderno reivindicativo em discussão hoje entre Governo e centrais sindicais

Published

on

O governo através do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social e as centrais sindicais estão esta terça-feira, 28, a analisar e discutir o ponto de situação de algumas exigências do caderno reivindicativo, um mês depois do fim da segunda fase da greve.

A Rádio Correio da Kianda sabe que até antes do anúncio do encontro de hoje que acontece na sede do MAPTSS em Talatona, os sindicatos já preparavam a nova paralisação dos trabalhos como forma de protestos no mês de Junho.

Em causa está a fixação de um salário mínimo nacional na ordem dos 100 mil kwanzas, mas o Governo diz não ter condições para o efeito, embora não tenha apresentado às centrais qualquer proposta negocial.

Em nota a que a Rádio Correio da Kianda teve acesso hoje, o governo afirma que o encontro vai servir para fazer o desfecho das negociações.

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.

Continue Reading
2 Comments

2 Comments

  1. Celestino Chituva Avelino Joaquim

    30/05/2024 at 10:05 am

    Espero que tanto os sindicatos como o Ministério da administração, trabalho e segurança social, cheguem a um acordo para a garantia da boa convivência entre as partes, mais importante ainda, para os trabalhadores, em geral.

  2. Bernardo Canjongo

    30/05/2024 at 7:10 pm

    Este desfeco das negociações entre as partes fe-lo muito bem, porque estava insaúvel ou prejudicou o lado envolvida nas consequência, filhos do Estado e dos sindicalistas, em causa é elevada por Estado que negleseciou os pontos do caderno revindicado pelos sindicatos força dos trabalhadores

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *