Connect with us

Economia

Executivo disponibiliza Kz 153 mil milhões para apoiar produção de alimentos

Published

on

No quadro da implementação da Agenda Económica do Executivo – Medidas de Estímulo à Economia e de Dinamização do seu Potencial –, o Executivo disponibilizou 153 mil milhões de kwanzas para apoio financeiro a produção de alimentos e proteína animal.

Do montante, segundo comunicado do Ministérios das Finanças, há uma emissão de garantia pública para financiamento da Campanha Agrícola 2024, tendo como financiador o Banco Angolano de Investimentos BAI), num total de Kz 43 mil milhões com taxa de juros de 7% ao ano.

Para Capitalização de Instituições Financeiras, o Executivo disponibiliza: FGC – Fundo de Garantia de Crédito, no montante de Kz 50 mil milhões; BDA – Banco de Desenvolvimento de Angola, no montante de Kz 20 mil milhões; FACRA – Fundo Angolano de Capital de Risco, no montante de Kz 5 mil milhões; FADA – Fundo de Apoio de Desenvolvimento Agrário, no montante de Kz 5 mil milhões.

Há ainda a dotação orçamental de Kz 30 mil milhões ao Ministério da Agricultura para aquisição de insumos agrícolas para apoio à agricultura familiar.

“O Ministério das Finanças esclarece que as referidas capitalizações concretizam a medida de apoio financeiro ao sector empresarial com foco nas pequenas e médias empresas, de modo agilizar e facilitar o acesso a recursos financeiros por parte dos operadores privados com iniciativas conducentes à diversificação económica nacional e ao reforço da segurança alimentar do país”, diz o comunicado ao qual o Correio da Kianda teve acesso.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas